musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - POUT POURRI PAGODES - JOãO CARREIRO E CAPATAZ - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Pout pourri pagodes letra


Humildade vem de berço, tá no sangue, tá na raça
Abre o olho concorrência tem sangue novo na praça
Tava no Rio de Janeiro, bolso cheio de dinheiro, dançando com as mulatas
Era muito cobiçado tava todo enfeitado cheio de ouro e de prata
Mas quando fui dar um beijo pra mostrar o meu desejo eu senti um beliscão
Era minha mulher feia torcendo a minha orelha me bateu um tristezão

Minha vida e complicada cantar e meu compromisso
Só levanto meio dia e ninguém tem nada com isso
Homem certo e aquele que não trabalha só engana
Pra mim se chama domingo todo dia da semana
Enquanto assalariado vai vivendo estressado eu levo a vida no esquema
A vida e mesmo assim cada um com seus problemas

Tudo que da na TV minha mulher quer fazer
Não mede as conseqüências fez um tal de top leis
Quando vi me deu um stress perdi minha paciência
Por me faltar o respeito na mulher eu dei um jeito
Corretivo do meu modo no quarto deixei trancada quinze dias aprisionada
E com ela não me incomodo

Aqui não posso ate não ser simpático
Comigo não tem desculpa minha criação e xucra a verdade ninguém furta
Sou bruto rústico e sistemático

Tando de barriga cheia qualquer comida e sem graça
Veio inchado enjeita pinga dependendo da ressaca coração que já sofreu na vida
Foi iludido não é com qualquer agrado que te deixa comovido
Conheço uns camarada que vive só de ilusão da uns tiro na marvada fuma uns cachimbo doidão
Viaja neste barato diz que e tudo muito bão
Os maluco depois fica com a cara de bundão caipira
Que e caipira não se achega nessa nóia nois e jeca mas nois e joia

Nosso povo sertanejo sacudiu a capital viola e violão e atração nacional
População da cidade hoje gosta e admira
Vejo o povo da alta no nosso estilão caipira
Amigo preste atenção o talento e nato e não se faz
E o nosso sistema bruto joão carreiro e capataz

João Carreiro e Capataz - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br